PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 12 de julho de 2017

SENADO APROVA REFORMA TRABALHISTA

PROJETO QUE MUDA TRECHOS DA CLT SEGUE PARA SANÇÃO PRESIDENCIAL
( Foto reprodução)
O Senado Federal aprovou na noite da última terça-feira(11) depois de uma sessão tumultuada o projeto de lei que altera alguns trechos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O texto que segue agora para sanção presidencial prevê o parcelamento das férias em até três vezes; aumento da jornada de trabalho de 8 para 12 horas desde que obedecidas as 48 horas semanais; redução do horário de almoço para 30 minutos e abre espaço para negociação entre empresa e empregados como planos de cargos e salários, banco de horas, além de mudanças do transporte de trabalho, contratação de ex-efetivo como terceirizado e outros pontos que após rubricado pelo presidente Michel Temer deverão entrar em vigor dentro de um prazo de 160 dias.

Outra mudança é que as negociações poderão ser feitas diretamente entre empresas e empregados sem necessariamente a intermediação dos Sindicatos da categoria, que também só terão imposto sindical recolhido a critério do trabalhador. O projeto que trata da reforma trabalhista no Brasil PLC 38/2017 recebeu 50 votos favoráveis,26 contrários e uma abstenção. O projeto completo pode ser conferido clicando no link.

Redação Online

Nenhum comentário: