PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

domingo, 28 de maio de 2017

NA BOCA DO POVO

 #RAPADURA É DOCE MAS NÃO É MOLE NÃO!
Na vida muitas vezes somos tentados a nos submeter a situações até então nunca vivenciadas mas que nos despertam desejos, mesmo que estes sejam passageiros e alimentados pelo 'calor das emoções'.

É notório que dentre as muitas falhas que possamos ter, uma delas é buscar ver somente o lado bom das coisas, o lado proveitoso e as vantagens que ocasionalmente possamos tirar, evitando avaliar os ricos, desafios e obstáculos que podem surgir ao longo do caminho que escolhemos para seguir.

Entre parar ou arriscar, desistir ou recomeçar o que devemos sempre ter em mente é que na vida o quem vem fácil, também se vai fácil, que aquilo que é suado tem melhor sabor que os pratos que são servidos de bandejas. É preciso que quando alcançado o que tanto queremos, devamos estar verdadeiramente prontos para assumir nossos compromissos, cumprir nossas promessas e antes de tudo saber reconhecer e buscar corrigir nossos erros, pois na lei da vida não é permitido um pause ou mesmo resetar nossos atos.

Assim sendo,  em qualquer situação que seja, do maior ao menor dos desejos e responsabilidades, como bons brasileiros e porquê não dizer como diz os nordestinos é preciso entender que a "rapadura é doce, mas não é mole não!"

Por.Francisco Freire

sábado, 27 de maio de 2017

ARRAIÁ DO CHICO MONTE SE APRESENTARÁ EM 2017

QUADRILHA  ESTUDANTIL JÁ REALIZA ENSAIOS EM ALCÂNTARAS
Apresentação do grupo em 2012 ( Arquivo BPJ)
Grupo tradicional e com várias apresentações ao longo da última década o  Arraiá do Chico Monte deverá retornar suas atividades em 2017.

A quadrilha organizada por estudantes da Escola Francisco de Almeida Monte teve ensaios iniciados na última segunda-feira (22).

Para esta edição ao todo integrarão o enredo da Chico Monte que trás como tema :  Bem me quer, Mal me quer" um total de 40 brincantes, sendo a maioria da turma do 3º B. A apresentação agendada para o próximo dia 08 de julho terá como palco o Ginásio Poliesportivo deputado Rogério Aguiar e a entrada é franca.

Em Alcântaras o Arraiá do Chico Monte por vários anos também participou do Festival de Quadrilha da cidade serrana, o que pode volta a acontecer nesta no onde as especulações apontam para dois dias de festa do tradicional evento junino.

Post.Francisco Freire

ARBORIZAÇÃO EM ALCANTARAS É MAIOR QUE DOS MUNICÍPIOS VIZINHOS

ÍNDICE DE ARVORES EM VIAS PÚBLICAS CHEGA A 98,4% APONTA O IBGE
Rua Pedro Caetano, Bairro Bela Vista ( Arquivo BPJ)
Apesar de registrar altas temperaturas no período do verão e em grande parte do dia, o município de Alcântaras apresenta a melhor taxa de arborização de vias públicas quando comparado aos seus vizinhos.

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE) e revelam que o índice chega a 98,4% superando a dos municípios de Meruoca, Coreaú, Moraújo e Sobral, todos com territórios limítrofes com a pequena cidade serrana. 

Ainda de acordo a avaliação de Território e Ambiente feita pelo IBGE durante o último censo demográfico, no quesito adequação do esgotamento sanitário a cidade só fica atrás de Sobral e também tem melhores percentuais (20,8%) quando comparado aos outros três municípios de sua microrregião que apresentam índices variando entre 7,9% à 16,9%.Já no quesito urbanização das vias públicas Alcântaras tem melhor situação que Coreaú e Moraújo, mas fica aquém da vizinha Meruoca onde o IBGE aponta um taxa de urbanização de 22,8% das vias públicas do município.

No portal do IBGE também é possível obter informações sobre trabalho, população e rendimentos, educação economia e saúde e todos as 5.570 cidades do Brasil.

Redação Online

sexta-feira, 26 de maio de 2017

CINEMA DE RUA ANIMA BAIRRO DO JUNCO

 PROJETO FAZ PARTE DE DE AÇÕES DE DIFUSÃO  DA SECRETARIA DE CULTURA
Lançamento do Cinema de Rua  no Bairro do Junco ( Foto reprodução)
Moradores de Alcântaras. na zona norte do Ceará, terão a oportunidade conhecer um pouco mais das obras da cinematografia brasileira por meio da exibição de filmes ao ar livre.

A ação que faz parte de um novo projeto da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude de Alcântaras visa difundir conhecimentos e levar entretenimento  à população.De acordo com a Secretária Wyrna Freire as sessões deverão acontecer quinzenalmente, todas as quartas feiras em locais diversificados e em breve a Secretaria de Cultura estará divulgando o calendário de programação.Durante o lançamento do Cinema de Rua dezenas de pessoas participaram do evento realizado no Bairro do Junco, na Praça da Igreja de são Vicente de Paulo.

Em Alcântaras no passado as comunidades de Prata, Espírito Santo, Ventura, Lanchinha e Desterro e do Sitio Norte também receberam sessões de cinema itinerante  na época realizadas pelo Projeto Cine Ecos, promovida por um a ONG da cidade.

Post. Francisco Freire