PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sábado, 17 de junho de 2017

PREFEITURA DEVE ANUNCIAR SE TERÁ FESTIVAL ATÉ A PRÓXIMA QUINTA,22.

CONDIÇÕES FINANCEIRAS SERIAM ENTRAVE PARA A REALIZAÇÃO DO EVENTO EM 2017
há 19 anos evento ocorre na escola Inocência Alcântara Freire
Restando pouco mais de 45 dias para a chegada do "calendário oficial" de realização do Festival de Quadrilhas de Alcântaras que tradicionalmente ocorre na última semana de julho, a prefeitura ainda estuda a viabilidade de realizar o evento junino em 2017 e deve manifestar-se sobre a promoção ou não da festa junina na próxima semana.

A informação foi dada pelo Presidente da Câmara de Alcântaras durante seu pronunciamento em sessão ordinária ocorrida na última sexta-feira(16)." Eu acredito que no máximo quinta ou sexta feira da próxima semana [22/23 de junho] o Joaquim com certeza irá divulgar se vai ter ou não vai ter. Tem algumas decisões que ele está tentando tomar com muita cautela, com muita responsabilidade até porquê o tempo está começando se aproximar das datas..."Se houver [Festival] a gente sabe que será nos dias 26,27 e 28 julho mas que a população fique ciente que no momento certo ele [Joaquim] irá divulgar se vai ter ou não vai ter e ai se não tiver ele vai explicar os porquê das condições do município", disse o vereador Manoel Albuquerque (PDT) ao fazer o uso da tribuna durante o grande expediente.

No mesmo município onde algumas de medidas tem sido adotadas pela gestão municipal com a finalidade de equilibrar a contas públicas, as dificuldades financeiras por várias vezes já  foram sinalizadas como  o principal entrave para a realização da XX edição Festival de Quadrilhas, que neste ano teria a participação de artistas e quadrilhas do município no primeiro dia e os outros dois dias seriam com a participação de grupos juninos dos outros municípios que se inscrevessem.

Desde 2015 a cidade de Alcântaras tem enfrentado problemas quanto a realização do evento que no passado foi anulado após recomendação do Ministério Público do Estado do Ceará.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: