PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

IMAGEM DA SEMANA

APENAS 29% DAS CIDADES CEARENSES TEM FORÇA FEMININA NA CÂMARA
Um levantamento feito no Ceará, apontou que apenas 29% cidades conseguiram eleger representações femininas para a legislatura que vai de 2017 à 2020.
No Estado com 184 municípios, cinquenta e quatro (54) tem pelo menos uma vereadora no parlamento municipal, como é o caso de Alcântaras, na zona norte, onde somente a Professora Toinha Sergino (PC do B) conseguiu votação suficiente para ocupar uma das nove cadeiras da Câmara Municipal.
Em todo o Brasil, conforme o ecodebate, menos de 0,5% das cidades tem representação do gênero maior que a de homens nas casas legislativas, como  é o caso da Câmara do município de Apuiarés no Ceará, onde cinco(5) vereadoras foram empossadas no último dia 1º de janeiro.
Em outros 130 municípios cearenses, apesar da gestão municipal ter pulsos femininos, no parlamento todos os assentos foram preenchidos por vereadores. 
No Cenário nacional a região Nordeste é a que concentra maior representação feminina nas Câmaras e os estados do Piaui e Rio Grande do Nortes são os que tem cidades onde elas são maioria o que apesar dos números ainda deixa o Brasil na 153ª colocação no ranking Inter-Parliamentary Union (IPU), quando observado que na Câmara Federal são apenas 9,9% das mulheres ocupando assentos de deputadas federais e nos municípios esse valor é em torno de 13% dos assentos de vereadores nas duas últimas eleições municipais

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: