PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sábado, 13 de agosto de 2016

2016: ALCANTARAS INVESTIU ZERO EM EDUCAÇÃO SUPERIOR

 PREVISÃO DO MUNICÍPIO ERA APLICAR R$ 40 MIL NESTE ANO
Pré-universitários em Alcantaras ( Arquivo BPJ)
Apesar de não está diretamente ligado as atribuições da Secretaria do Desenvolvimento da Educação Básica que tem ações prioritariamente voltadas a educação infantil e fundamental o município de Alcântaras, Zona Norte do  Ceará, estudou aplicar quarenta mil rais na função destinada a ensino superior, entretanto segundo os dados disponíveis no portal do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará, o investimento para a área tem empenhos de valores zerado até o momento.
A Prefeitura que por meio da Lei Orçamentária Anual do exercício financeiro deste já aplicou mais de 50% dos valores previstos em várias áreas empenhou mais de R$ 4,5 milhões somente em ações ligadasa educação infantil e fundamental, porém tem investimentos zerados nas funções referente à assistência da criança e do adolescente na educação e assistência a criança e o adolescente na área de Desporto e Lazer ambas áreas afins e grade contribuição no âmbito recreativo/educacional. 
Também sem empenhos até o momento, mesmo com recursos programados estão aplicações relativas à Previdência Básica; Fomento ao Trabalho, Assistência Comunitária (Saúde); saneamento básico urbano; Habitação Rural; Recursos Hídricos; Conservação de energia; Lazer e a própria reserva de contingência. Os dados completos dos valores previsto e já empenhados pode ser conferido clicando no link.
Sem grandes incentivos no que tende a educação superior, apesar de disponibilizado veiculo nos turnos da manhã e noite. muitos universitários por vezes preferem trabalhar e morar em Sobral para frequentarem a universidade no turno integral, ou mesmo financiar os estudos por do FIES ou com ajuda dos pais em cursos semi presenciais (pagos) ofertados na cidade. Já os pré-universitários em grande parte não prosseguem os estudos por falta de oportunidade em frequentar cursinhos pré-vestibulares.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: