PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

segunda-feira, 23 de maio de 2016

ALCANTARAS: MOTORISTAS DENUNCIAM DEFASAGEM DE SALÁRIO

   SERVIDORES COMPARAM CONTRA CHEQUE COM O DO MUNICÍPIO DE MERUOCA
Contracheque de um motorista efetivo de Alcantaras
Motoristas concursados lotados na Secretaria de Educação de Alcântaras procuraram a redação do Portal Jovem para denunciar a diferença dos vencimentos pagos pela Prefeitura da cidade em relação ao recebido por colegas lotados na mesma função na cidade vizinha. 
Os profissionais que no inicio de 2015 haveriam reunido-se com a presidente da câmara na tentativa de que o Governo Municipal revisse os valores praticados sobre o pagamento da categoria, reclamam que o salário encontra-se defasado e que apesar da importante contribuição da classe junto à municipalidade esta ainda é desvalorizada.Nos documentos apresentados ao Portal Jovem, a diferença dos proventos pagos entre os dois municípios em relação ao mesmo cargo para servidores efetivos a diferença chega aos 47%, considerando que apesar dos descontos em Meruoca um motorista lotado na Educação além do salário base, recebe parcela do anuênio e recomposição salarial, ficando o saldo líquido do mês em  R$ 1.946,29. Já em Alcântaras, onde o anuênio e a recomposição não é calculada no contracheque os valores caem para R$ 878,71. 
Os motoristas reconhecem que trata-se de cidades  diferentes, porém alegam a ausência de uma política de valorização do trabalhador  pela Gestão que haveria no inicio de 2015 prometido reajuste de pouco mais de 6% e em relação a inflação e que apesar de concedido gratificação a outros servidores fez 'ouvido de mercado' para a reclamação da categoria que na cidade recebe R$9 a mais quando comparado o atual valor do mínimo estipulado em R$ 880 no ano corrente.


Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: