PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sábado, 19 de dezembro de 2015

REVOLTA EM ALCANTARAS

 POPULAÇÃO COBRA AÇÃO DAS AUTORIDADES PARA CONTER 'DEFICIENTE' MENTAL
Hospital Dr. Estevam - Fonte; blog de Sobral
Moradores que residem na sede de Alcântaras, Zona Norte do Ceará, estão cansados de presenciar os constantes casos de agressões físicas e verbais feitos por uma mulher com suspeita de distúrbios psíquicos. 
A jovem com pouco mais de 35 anos há pelo menos três meses tem sido autora de agressões físicas contra crianças, idosos e recentemente de servidores públicos no exercício da função. 
A mulher com iniciais T.A.L já foi citada em diversos registros junto a Delegacia de Policia Civil de Coreaú e no Destacamento de Policia Militar de Alcântaras porém ainda não foi contida para tratamento pelas autoridades de saúde, que mesmo conhecedora dos problema, parecem ficar inertes a situação que tem causado revolta na população. Para a maioria dos moradores, todo e qualquer cidadão com distúrbios neurológicos tem direito ao tratamento e merece sim respeito da população, desde que esse não se utilize da sua condição de 'deficiência' para atingir, desmoralizar e por em risco a integridade física  dos demais e principalmente de pessoas indefesas.
 A mulher que  já chegou a ser internada no Hospital Dr. Estevam em Sobral, dias depois retornou para a cidade e voltou a causar medo e insegurança para aqueles quando menos esperam são surpreendidos pela mesma. Procurada a PM de Alcântaras informou que todos os procedimentos cabíveis estariam sendo tomados e que devido a agressão de uma servidora pública na última sexta-feira, 18, um T.C.O haveria sido lavrado. Nas redes sociais o pedido dos internautas, solicita da autoridades maior atenção para a resolução do problema, inclusive responsabilizando os devidos responsáveis conforme prevê o artigo  928 do Novo Código Civil.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: