PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

domingo, 2 de julho de 2017

NA BOCA DO POVO

 #NÃO ADIANTA QUERER ABRAÇAR O MUNDO COM AS PERNAS
O ser humano por natureza é um indivíduo de grandes aptidões, de fortes talentos e de imensurável inteligência.

Ao longo de nossa evolução fomos os seres que mais crescemos, mais nos adaptemos as adversidades e que chegamos ao ponto de nos auto destruirmos. Por sabermos demais, queremos de demais, lutarmos demais e vivermos de menos, muitos de nós estamos sujeitos ao tédio, ao stress, à doenças e a morte prematura.

Isso decorre porquê de todos os seres, somos os únicos a pôr a vida (em sua essência) em último lugar. Nosso modelo de vida sugere que tenhamos mais, que seja preciso consumir mais, aumentar os ganhos, nossos bens, tudo em busca de satisfação e felicidade. 

Na contramão, temos vivido menos, nos alimentado deficitariamente, trocado o lar pelo trabalho, a família pelo dinheiro ou por negócios de "maior importância" que teoricamente possa nos garantir maior conforto e falsa sensação de bem estar. Pura ilusão! Em um século de seres carnais automatizados, movidos por interesses materiais, o amor, o sentimento, o cuidado, o sossego parece pouco contar ou contar apenas nas horas difíceis, onde o corpo pede socorro e a mente em um curto espaço parece sinalizar que o que realmente precisamos  biologicamente é viver ( nascer, crescer, reproduzir e morrer) e não sobreviver durante nossa passagem por este mundo onde temos os dias contados e" não adianta querer abraçar o mundo com as pernas..."

Por. Francisco Freire

Nenhum comentário: