PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

JANEIRO TERMINA MOLHADO EM ALCANTARAS

  DESVIO MÉDIO FOI DE 3.8% EM COMPARAÇÃO AO MESMO PERÍODO DO ANO PASSADO
Praça Gregório Cunha ( Arquivo BPJ)
Considerado oficialmente "pertencente" a quadra chuvosa no Ceará o mês de janeiro terminou molhado no município de Alcântaras, zona norte do Ceará.
Na cidade onde nove chuvas foram contabilizadas nos últimos trinta e um dias, o acumulado foi de 99.0 milímetros e os efeitos das precipitações contribuíram para a rápida mudança da folhagem da vegetação e inicio do plantio na agricultura de sequeiro.
Em território municipal as região com maior registros de chuvas foi a do Distrito de Ventura e adjacências onde as precipitações acompanhadas de trovões foram mais notórias. Apesar da boa pluviometria, no município a maioria das fontes d'água ainda permanecem secas com a Bica do Pinga, severamente castigada pelas estiagem nos últimos anos. Para fevereiro, a esperança é que o chamado inverno se intensifique e chova entre 75 a 135 milímetros na cidade, conforme demonstra o monitoramento da Fundação Cearense de Meteorologia nos últimos cinco anos. Para todo o mês de janeiro o desvio foi de apenas de 3,8% na comparaçao entre os anos de 2016 e 2017.

Redação Online

Nenhum comentário: