PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

INVERNO: PREVISÃO DO INPE DIVERGE COM O DA FUNCEME

 ÓRGÃO NACIONAL DIZ QUE TENDÊNCIA É DE CHUVAS ABAIXO DA MÉDIA NO ESTADO
Com as chuvas já caídas em janeiro e o inicio oficial da quadra chuvosa no Ceará, o posicionamento quanto ao prognóstico das chuvas para o período que vai de fevereiro à abril é divergente quando avaliado as previsões da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos  e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).
No primeiro caso, de acordo com o prognóstico divulgado no dia 18 de janeiro passado, as chances é que ocorram 40% de chuvas dentro da média, e 30% abaixou ou acima da média respectivamente conforme avaliou a Funceme. Já o INPE defende que as condições climáticas atuais indiquem um cenário das chuvas situarem na categoria abaixo da média, com 25% de chances de chuvas acima da média,35% dentro e 40% abaixo da média climatológica para a região.
Com opiniões distintas à cerca do prognóstico das chuvas para o Estado, moradores temem um novo ano de seca e acompanham com cautela as irregularidades das chuvas em uma mesma área, onde tem sido observado que chove em um distrito e o tempo permanecer seco em localidades vizinhas com distância de apenas 6km, como por exemplo Rosapoles e a sede de Alcãntaras.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: