PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

FEVEREIRO SEGUE COM POUCAS CHUVAS EM ALCANTARAS

 EM NOVE DIAS ACUMULADO FOI DE APENAS 20 MILÍMETROS
Distribuição de sementes ainda não tem previsão de entrega no municipio
O espaçamento das chuvas que já banharam Alcântaras neste inicio de fevereiro tem sido motivo de preocupação para agricultores que afirmam que as lavouras de milho e feijão começam a muchar por conta do forte calor registrado nos últimos dias. No município onde nestes dez primeiros do mês choveu o equivalente a 20 milímetros a irregularidade na distribuição de chuvas tem sido acompanhada com cautela pela Secretaria de Agricultura e Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que realizam visitas em algumas localidades.
De acordo com o Secretário de Agricultura a situação do espaçamento das chuvas no município é preocupante , principalmente em torno da sede onde as precipitações tem sido rápidas e leves.

" A distribuição de chuvas em fevereiro está pouca.. Está todo mundo se queixando da chuva e é geral. Ta chovido na região de Santa Bárbara para o Alegre. Teve atoleiro segunda-feira[06] na região de São Bernardo. Agora a região de Carmolândia, São Roberto, Belém e Silva está seca. Em torno aqui da sede, de 85 a 90% está seco e é verdade que o legume está murchando, tanto que até a semente da ematerce não veio por quê não temos chuvas padrão", concluiu Luizinho.

Em todo o Ceará, quando as chuvas não atingiram também a média histórica na fase da pré-estação, as precipitações tiveram impactos pouco significativos para amenizar os efeitos da seca que atinge do Estado desde 2012. Na região litoral norte de acordo com o monitoramento da Funceme em Janeiro o desvio foi de 14,5% e a precipitação média observada foi de pouco mais de 112 milímetros.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: