PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

ATÉ MAIO: CHUVAS NO CEARÁ DEVE SER DENTRO DA MÉDIA

DESDE JANEIRO PLUVIOMETRIA EM ALCÂNTARAS TEM DESVIO DA MÉDIA HISTÓRICA
 Bica do Pinga está seca há dois anos ( Foto Freire Filho)
O novo prognóstico divulgado pela Funceme aponta para o aumento de chances de chover dentro da média histórica em território cearense.

De acordo com a previsão para o próximo trimestre, divulgada na manhã desta terça-feira(22) há possibilidades de 43% das chuvas situarem dentro da média histórica no Estado.Na porção litoral norte do Ceará onde choveu bem em muitos municípios em janeiro, de acordo com o acompanhamento meteorológico, cidades como Coreaú, Meruoca, Granja, Uruoca, Martinópole e Ibiapina lideram o maior acumulado com pluviometria variando entre 292.0 mm à 415.0 milímetros até esta data.

Já nos demais municípios os valores contabilizados situam entre cem e trezentos milímetros, como Alcântaras onde até o momento choveu 123.6 mm e o desvio para o mês é de 6.6 mm quando considerado a média histórica para o período. Na mesma cidade janeiro fechou com saldo de 16.3 milímetros negativos e apesar  do inverno está sendo viável para a agricultura, muitas fontes d'água ainda permanecem secas como a bica do Pinga, principal afluente da barragem que leva o mesmo nome.

Redação Online

Nenhum comentário: