PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

ASSOREAMENTO EM RIACHO 'CAUSA DANOS' NA ZONA RURAL

COM FORTES CHUVAS LAMA INVADE CASA NO SITIO ESPIRITO SANTO
Profundidade  foi reduzida por acumulo de lixo e areia ( Foto Freire Filho)
Mesmo situada em Área de Proteção Ambiental a Serra da Meruoca tem registrado nos últimos anos a destruição de suas nascentes e de outros recursos hídricos que no passado tiveram grande importância no processo de povoamento de várias comunidades que integram uma região montanhosa que  ficou conhecida pela fartura d'água e clima frio.

O resultado de intensa degradação, associada ao crescimento desordenado tem favorecido para a reação da natureza às interferências humanas o que acaba  por ocasionar prejuízos para ambas as partes. No Sitio Espirito Santo, uma cena não vista há muitos anos voltou a impressionar os moradores, quando após fortes chuvas a lama voltou a invadir algumas casas.

O caso mais notório tem sido registrado na entrada da localidade, onde devido o visível assoreamento do Riacho Espirito Santo, as águas pluviais tem criado atalho para o escoamento e provocado lamaçal. O afluente que deságua no Riacho Pau Ferrado, já não conta com matas ciliares e apresenta imensos bancos de areia que já acabaram por aterrar olhos d'águas, bueiros e até pontes.

Os efeitos disso tudo tem refletido em gastos para os moradores que estão adaptando suas residências para não passarem por novos vexames.Outra medida também se refere a desobstrução de parte do riacho, o que já foi solicitado a Secretaria de Obras do município na tentativa de evitar novos alagamentos até o final da quadra invernosa.

Redação Online

Nenhum comentário: