PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

TURISMO: EMPRESÁRIOS AMPLIAM NEGÓCIOS EM ALCANTARAS

    REFORMAS E ABERTURA DE FILIAIS SÃO APOSTAS PARA EXPANSÃO EM 2017
Balneário o Pinga é referencia no turismo serrano
Diferente do cenário nacional e estadual o ramo do turismo começou o ano em alta na cidade de Alcântaras, zona norte do Ceará.
Situada em região serrana, o clima frio somado aos banhos e hospitalidade do povo são um convite para quem gosta de saborear práticos típicos da culinária cearense ou mesmo busca fugir da correria dos grandes centros urbanos.
O resultado de tantos atrativos econômicos e naturais agradam os turistas que visitam a serra a passeio, nas férias ou mesmo aos finais de semana  e refletem na ampliação de muitos empreendimentos do ramo que buscam inovar e se tornarem referência no mercado regional.
Prova deste sucesso são as recentes ampliações de pequenos negócios em Alcântaras, como a reforma nas dependências do Cabana da Serra, situado as margens do Açude Pinga. Para o administrador do restaurante  a satisfação dos clientes está em primeiro plano e garante bons resultados.

" Ampliamos nosso salão de forma a melhor acomodar turistas e visitantes. Para nós a satisfação do cliente figura em primeiro lugar e sem dúvidas trás retorno positivo para o sucesso do negócio", frisou o gerente Evanísio Marques.

Outros projetos em expansão fazem parte do rol de investimentos do empresário Benildo Reinado. Em menos de dois anos, além de repaginar o antigo Pinga Bar, agora Pinga Balneário, o alcantarense abriu um dos pontos mais visitados da sede. O portal Bebidas e Sabores, que fica localizado na entrada da cidade, em breve deverá contar com uma nova filial, que além de bebidas quentes e geladas passará a oferecer lanches rápidos.

"Estamos trabalhando na reforma e adequação do novo ponto, em breve além dos serviços que já ofertamos no Pinga Balneário  e no Portal I estará disponível no Bairro Bela Vista, o Portal II", enfatizou o empresário

No Ceará com a forte crise financeira as vendas de pacotes turísticos fechou o ano em queda e a vendas tiveram uma retração de 40% em 2016.

Post. Francisco Freire

Nenhum comentário: