PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

domingo, 18 de dezembro de 2016

NA BOCA DO POVO

   A VIDA É UMA VIA DE MÃO DUPLA
Em nossa passagem pela vida terrena, nós humanos temos uma única e exata certeza que um dia nos despediremos.
Essa partida quase nunca é sabida e pode nos surpreender no mais feliz dos momentos ou no mais cansativo instante de uma jornada de lutas, onde o último suspiro parece ser o desejo de quem aqui muito já viu e já fez. Tendo por base que somos carnais e mortais, e que mesmo portadores de riquezas materiais; de conhecimentos e porquê não citar de influências temos um fim anunciado desde o princípio dos tempos, me atenho as estas poucas palavras a narrar que tudo mesmo que sofrido; que árduo; que merecido; que cansável, que quase impossível nesta vida será passageiro.
Quando cito "passageiro" me refiro ao fato de irmos e de certas coisas ( boas ou ruins) ficarem. Esse verbo "ir" em momento algum se atrela apenas ao fim da vida, cujo pode ser descrito como seu sinônimo: morte, mas ao fato que na regra da vida tudo é divido e cronometrado em inicio, meio e fim.
Na linha reta dos acontecimentos e da chegada dos sonhos, o arrependimento pode bater a porta de muitos, ou calar-se em um instante onde a humildade seria o passaporte para um novo começo. Na trajetória onde erros e acertos surgem como alertas para o destino que projetamos a mensagem maior e de regra para todos é que: a vida enquanto não se finda será uma via de mão dupla, onde a chegada pode ser o foco, mas as rotas que nos   a um desejo mesmo que sonhado jamais serão mapeadas... podendo a mesma estrada que te leva ao sucesso,tornar-se o caminho que te trará ao esquecimento!

Por.Francisco Freire

Nenhum comentário: