PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

ALCANTAS TEM O 133º IDHM DO CEARÁ

 ÍNDICE  LONGEVIDADE SITUA NA FAIXA ALTA ENTRE AS CIDADES DO ESTADO
Sede de Alcântaras ( Arquivo BPJ)
O município de Alcântaras situa na 133ª posição no ranking estadual do Indice de Desenvolvimento Humano Municipal.
A cidade hoje com quase 12 mil habitantes apesentou uma leve queda do índice no intervalo entre 2000 a 2010, reduzindo em sete pontos o IDHM que caiu de 0,607 para 0,600 nos último período avaliado.
Apesar da mudança, o status para a cidade figura entre entre 66% das cidade do Ceará onde o índice é mediano, com exceção das cidades de Fortaleza, Sobral, Crato e Eusébio onde o IDHM é alto.
Com expressivo desenvolvimento de obras publicas que favorecem para a melhoria da qualidade de vida e atrai pequenos investidores, a cidade conseguiu elevar seu índice de longevidade, hoje calculado na faixa alta (0,724). Do outro lado os fatores como renda e educação parecem não acompanhar paralelamente este crescimento e de acordo com o atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil situa na categoria baixa, deixando a cidade um pouco atrás de outros pequenos municípios da região como Mucambo, Groaíras, Pacujá, Varjota  Meruoca e Coreaú. 

No Brasil o último levantamento feito pelo IPEA popularizou o conceito de desenvolvimento centrado nas pessoas e não  apenas ao crescimento econômico, estimulando assim na formulação e e implementação de políticas públicas no nível municipal que visam priorizar a melhoria da vida das pessoas em suas ações e decisões. Ainda de acordo com o estudo, na classificação nacional, fica em primeiro lugar do IDHM o município de São Caetano do Sul, em São Paulo. Já em pior situação aparece a cidade de Melgaço no Estado do Pará.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: