PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

REAJUSTE NAS CÂMARAS MOBILIZA POPULARES NO CEARÁ

EM CRISE VEREADORES APROVAM AUMENTO DE SUBSÍDIOS PARA  NOVAS LEGISLATURAS
Moradores de vários municípios do Ceará estão indignados com a postura adotada por representantes do poder legislativo considerando a situação financeira que muitas cidades enfrentam e a velha história que os municípios estão em crise.
Depois de manifestações nas cidades de Quixeramobim, Iguatu e Juazeiro do Norte, moradores de Alcântaras e Miraíma denunciam o aumento dos subsídios aprovados pela Câmara de Vereadores e já sancionados pelos atuais prefeitos cujo devem passar a valer a partir de janeiro de 2017 quando serão empossados os candidatos a vereadores eleitos.
Em ambas as cidades o  salário que um vereador passará a receber por mês supera sete vezes o que um servidor comum ganha trabalhando 40h/semana. Na avaliação geral enquanto um funcionário recebe R$10.560 por ano, o valor gasto com cada vereador é 87% maior o que vai na contramão da redução dos gastos públicos e equilíbrios das contas nas pequenas cidades. 
Na cidade de Alcântaras onde um projeto de iniciativa popular deve ser apresentado na Câmara ainda este ano, a expectativa dos idealizadores é que a mobilização sirva como lição de cidadania e respeito para como demais servidores que por vezes recorrem à justiça para terem direitos garantidos ou mesmo chegam a deflagrar greve. No mesmo município, a renovação na casa é de apenas  33,3% do quadro de vereadores.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: