PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

segunda-feira, 30 de maio de 2016

IMAGEM DA SEMANA

 ESTUDANTES DENUNCIAM  CONDIÇÕES DE TRANSPORTE ESCOLAR
Situação das poltronas do ônibus
As condições dos veículos que fazem o transporte de escolares em Alcântaras, Zona Norte do Ceará,  mais uma vez voltou a ser motivo de denuncia por parte dos estudantes que reclamam da inércia da prefeitura frente a resolução do problema. 
No último Sábado (28) um estudante entrou em contato com a redação deste blog para reclamar as precárias condições internas do ônibus que realiza o transporte de escolares das localidades de Algodões, Norte e Santa Bárbara.
 No texto direcionado ao Portal Jovem o estudante com iniciais N.A  relatou que além dos veiculo está com poltronas deterioradas, a super lotação, alta velocidade de condução do veiculo e até uso de entorpecentes tem indignado os passageiros que chegaram a reclamar o caso a Secretaria de Transportes, que fez vista grossa à problemática. 
De acordo com  denunciante, além de botões quebrados no painel, freio improvisado e dos ferros enferrujados expostos nas poltronas, alunos de um veiculo secundário foram remanejados para o "sucatão" e que estes fariam o uso de substâncias tóxicas ilícitas, comprometendo ainda mais a segurança e saúde de quem sujeita-se a trafegar no veiculo todos os dias para frequentar as aulas na sede. 
Em tom de revolta, o estudante disse que em outras comunidades ônibus "novos" fazem o transporte de alunos e que para o Distrito de Santa Bárbara o veiculo mais velho da garagem, com poltonas sem coberturas é  o único disponibilizado pelo Governo Municipal, o que seria motivo de constrangimento. 

Além da denuncia ao Portal Jovem, os passageiros do veiculo pretendem levar o caso para a Câmara por meio do envio de um abaixo assinado. Em Alcântaras, por várias vezes o sucatão já esteve envolvido em polêmicas e denuncias, como em matéria exibida no Jornal Nacional em 2011 e em outros posts em blogs da cidade, quando mesmo estacionado, por falta de freio o ônibus com mais de 20 anos de uso, atingiu uma residência próximo a garagem municipal.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: