PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 24 de maio de 2016

GREVE: CORREDORES ESTÃO DESERTOS NA UVA

APROVADOS NO CONCURSO DE 2015 SÃO NOMEADOS  OUTRAS 28 VAGAS SÃO ABERTAS
Correador da Ala da Letra -Campus da Betanea
O cenário de alguns corredores de uma das principais Universidades do interior do Ceará releva que a greve de professores na UVA poderá se prolongar. 
Na instituição onde nos últimos dez anos pelo menos quatro paralisações foram realizadas pela categoria, graças a mobilização e reivindicação da comunidade acadêmica alguns encaminhamentos tem sido tomados por parte do Governo do Estado, como a construção do sonhado Restaurante Universitário (R.U), reforma do prédio onde deverá ser sediado a residência universitária e a nomeação dos últimos aprovados em concurso público.
Depois de passados seis meses após o fim da última greve, a UVA que iniciou a pouco o semestre letivo 2016.1 oferta novas 28 vagas para  professor efetivo mediante novo concurso público porém ainda continua com a maioria das aulas suspensas em alguns cursos o que deve favorecer para o prolongamento do tempo de permanência de muitos estudantes que há anos tentam concluir a graduação.
Ainda nesta semana uma nova assembléia do SINDIUVA deve acontecer com o movimento grevista a respeito das medidas já apresentadas pela gestão estadual.Até o retorno normal das aulas, os poucos estudantes que ainda frequentam aulas enfrentam problemas para de deslocarem até a cidade de Sobral e sendo assim o cenário desértico dos corredores parece longe de mudar.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: