PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 19 de abril de 2016

UNIVERSITÁRIOS DE ALCANTARAS GARANTEM DIREITO

 DEPOIS DE DENUNCIA PREFEITURA AUMENTA DE DOIS PARA QUATRO ÔNIBUS
Reportagem do CETV em 2011 - Arquivo BPJ
A classe estudantil alcantarense conseguiu mais uma vez garantir o direito essencial a sua formação educacional e profissional. Depois de denunciarem nas redes sociais a superlotação do ônibus universitário que fazia o translado Alcântaras-Sobral, a categoria conseguiu que a prefeitura aumentasse de 2 para quatro o números de veículos disponíveis diariamente para a viagens de universitários e estudantes de cursos técnicos e profissionalizantes até a Princesa do Norte. 
A nova conquista ocorreu cinco dias após uma reunião com o vice-prefeito da cidade. No mesmo município nos últimos seis anos, a reivindicação dos acadêmicos/alunos da redes municipal por transportes seguros, confortáveis e regulares também foi manchete de noticias como a exemplo da reportagem exibida em setembro de 2011 pelo Jornal Nacional; a aprovação de uma Lei que autorizava o município a custear transporte universitário em 2012;  as condições do transporte de escolares na cidade em 2015 e a reclamação da falta de combustível no inicio deste ano. 
Apesar da série de reivindicações e lutas em Alcântaras pelos universitários, até ser liberado pelo MEC o uso dos chamados "amarelinhos" para o transporte intermunicipal de estudantes o município foi um dos pioneiros da região a oferecer ônibus a estudantes pela manhã e noite até Sobral desde o final da década de 90.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: