PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

segunda-feira, 7 de março de 2016

IMAGEM DA SEMANA

ZIKA: ALCANTARAS JÁ REGISTRA QUATRO CASOS EM 2016
Apesar da força tarefa realizada há meses em Alcântaras no que diz respeita ao combate e eliminação dos focos potenciais de reprodução do Aedes Aegypti o número de criatórios de larvas é assustador o que pode resultar em um novo surto epidêmico no município caso a população continue a ignorar a importância de sua participação no processo de combate ao vetor de três grandes enfermidades.
Na última semana, a informação de que quatro casos de Zika já foram confirmados na cidade chegou ao conhecimento do COMDEMA que durante suas reuniões itinerantes deverá evidenciar a problemática durante o debate com os moradores das localidades a serem visitadas. 
Na mesma reunião, um dos profissionais que trabalham no Serviço de Endemias afirmou que o mosquito está cada dia mais resistente e que na sede larvas do vetor foram encontradas há 13 metros de altura, na laje de um apartamento.
 Alcântaras que recebeu recursos para realizar o peixamento de cisternas de placa e polietileno, já deveria está produzindo alevinos que devem serem colocados nos reservatórios como alternativa de controle na reprodução das larvas, o que foi questionado por membros do CMDS e COMDEMA quanto a ausência de informações relacionados ao processo, considerando que tanto a Secretaria de Obras quanto de Saúde já foram convidadas a participar das reuniões do Conselho mas não enviaram representações.
Em todo o ano de 2015, mais de 300 casos positivos de dengue foram confirmados em Alcântaras o que pôs a cidade como o segundo município com maior número de casos na Região Norte e sétimo no Ceará.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: