PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sábado, 20 de fevereiro de 2016

PNEM: QUASE 2 MIL IMÓVEIS SERÃO VISITADOS EM ALCANTARAS

 ALTERNATIVA: GOVERNO ESTUDA MULTAR IMÓVEIS QUE MANTIVEREM CRIATÓRIOS
Foto: Endemias de Alcantaras
Com a ocorrência das chuvas o aumento do número de focos potenciais de reprodução do Aedes Aegypit é visível em Alcântaras. No município onde as ações de combate ao vetor de três sérias doenças foi intensificado, de acordo com o Serviço de Endemias um total de 1.906 imóveis serão visitados  na zona urbana durante o segundo ciclo do Plano Nacional de Enfrentamento a Microcefalia - PNEM. 
A campanha de combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chicungunya e Zika também ganhou destaque nas redes sociais, porém o Serviço Municipal de Saúde ainda alerta para a ação prática dos moradores no combate diário ao possíveis criatórios em suas residências. 
Outra importante ação realizada desde o inicio do ano refere-se ao telamento de milhares de caixas d'água em todo o município e a recuperação de chafarizes desativados, antes potenciais focos de reprodução do vetor. Mesmo com a força tarefa já em prática em Alcântaras a realidade ainda preocupa, uma vez que grande parte da população tem ignorado seu dever de casa, o que dificulta o trabalho dos agentes de endemias que reforçam a importância da participação de todos. 
Por conta da situação de emergência que atravessa o pais, o Governo Federal estuda aplicar multa aos donos de imóveis que mantiverem o criatório do mosquito. A medida que foi encaminhada a Advocacia Geral da União para analise. Em outros estados a multa por focos reincidentes do mosquito já é aplicada como registrado em cidades de São Paulo. Mato Grosso e Paraná.

Fonte: blog o Serrano

Nenhum comentário: