PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

DENUNCIAS E A FISCALIZAÇÃO EM ALCANTARAS

 COMDEMA PRETENDE MONITORAR PLANTIO NO LEITO DE RIACHOS
Queimada em leito de riacho no Sitio Algodões
Com  a chegada das chuvas, o número de queimadas também cresce em Alcântaras, Zona Norte do Ceará. Na cidade que conforme levantamento do PREVINA concentrou o terceiro maior focos de incêndios na Região da Serra da Meruoca em 2015 o plantio irregular em topos e encostas de serra, beira de estradas e rodovias e leitos de riachos tem sido frequentes  o que desencadeou que o COMDEMA notificasse a Superintendência Estadual do Meio Ambiente - SEMACE sobre as práticas, bem como solicitasse maior intervenção do ICMBio frente ao problema.
 O caso que agora será passado ao Coordenação Regional do Piauí, responsável pelo gerenciamento da APA Serra da Meruoca, poderá resultar em uma maior fiscalização na região com visível estado de degradação devido as práticas irregulares de manipulação do solo.
Preocupado com a possibilidade de um quinto ano de seca e com a morte de nascentes e o acelerado processo de assoreamento de riachos, o Conselho Municipal de Meio Ambiente deverá na próxima segunda-feira discutir um projeto de monitoramento para o controle de plantio nos leitos dos riachos que cortam o município, considerando que mesmo como as práticas de reflorestamento destes afluentes o plantio irregular continua a ser registrado, inclusive com a remoção total da mata ciliar como registrado nesta semana no Sitio Bonfim. 
O caso que deverá ser avaliado pelo órgão colegiado pretende dentre muitos objetivo garantir a preservação dos recursos hídricos, que também estariam em fase de levantamento pela SEDAMA como forma de subsidiar novas obras hidráulicas na cidade.

Post.Francisco Freire

Nenhum comentário: