PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

CEARA: PREFEITURAS DEMITEM FUNCIONÁRIOS PARA AJUSTAR GASTOS

 APÓS REUNIÃO COM A APRECE CORTES JÁ É REALIDADE EM MUITOS MUNICIPIOS
Do blog o Serrano
A crise financeira que se instalou no país já tem refletido negativamente na economia de muitas cidades interioranas do semiárido cearense. 

No Estado com 184 município mais de 70 já decretaram situação de emergência devido a seca que assola a região há cerca de 4 anos. Com repasses diminuídos e despesas superior as receitas a alternativa encontrada por muitas prefeituras tem sido em ajustar os gastos públicos principalmente como gasto de pessoal. Em muitas cidades além de cortes nos valores pagos a servidores em provimento de cargo de comissão, secretários, vereadores e até de prefeitos, muitas gestões também estão reduzindo o número de servidores contratados o que tem gerado demissões em massa em muitos municípios onde a economia gira em torno do pagamento do funcionalismo publico. 

Devido as dificuldades, prefeitos de várias regiões do Ceará estiveram nesta última semana participando de uma reunião com a Aprece e com alguns parlamentares da bancada federal que representa o Estado afim de unir forças na tentativa de sensibilizar o Governo Federal para o cenário a qual muitos municípios passam, onde em alguns casos já há atraso no pagamento dos funcionários. 
 Em Alcântaras onde a crise também já tem sido visivelmente sentida, apesar de não haver anunciado cortes dos servidores contratados, o Governo Municipal já haveria promovido com as demais pasta que assessoram o poder executivo uma reunião para traçar estratégias na redução de gastos com custeio. Ate o momento conforme demonstra os dados do Portal da Transparência o município já haveria gasto mais de R$ 6 milhões com folha de pagamento nestes oito primeiro meses, valor que lidera as despesas do pequeno município no exercício de 2015

Post.reprodução

Nenhum comentário: